Reunião de Câmara de 25 de Julho de 2019

A REUNIÃO DE C MARA MAIS PARTICIPADA DESTE MANDATO

Já há muito tempo que se apela à participação dos cidadãos na causa pública, combatendo o seu alheamento face aos decisores políticos e o que isso acarreta para a saúde da nossa democracia. 

Desde sempre o Partido Socialista tem defendido políticas que permitam aproximar eleitos e eleitores, uma vez que se acredita que dessa interação e partilha de ideias resultarão melhores soluções para os desafios que o nosso concelho enfrenta. 

Vemos por isso como muito positivo a enorme participação por parte da população dos mais diversos pontos do concelho na reunião publica de câmara do dia 25 de junho de 2019.

Além do grande número de pessoas a assistir à reunião, o que por si só já seria muito positivo, houve também muitos munícipes a pedir a palavra no período que lhes está reservado, a fim de colocarem questões à Câmara sobre temas que os preocupam e pretendem ver solucionados. 

Um dos temas mais referidos pelos presentes prendeu-se com questões relacionadas com as obras de requalificação na Rua 1 de Maio na Baixa da Banheira. É grande o descontentamento dos comerciantes pelos atrasos nas obras e o impacto que as mesmas estão a ter para o tecido económico daquela artéria. Foram, ainda, vincadas as questões relacionadas com os procedimentos de segurança adotados que levantam dúvidas sobre a sua adequação a uma via pública em obra, mas que se mantém aberta á circulação de transeuntes, tendo já acontecido diversos percalços.

Estas questões já não são novas para os socialistas do concelho. Os seus autarcas, nos diversos órgãos de que fazem parte, já alertaram para estas questões uma e outra vez, tendo sempre esbarrado na intransigência de quem governa o Município, cavalgando uma maioria que não lhe foi dada em mandato popular. 

Entrando no Período Antes da Ordem do Dia, estas questões mereceram por parte da bancada do Partido Socialista detalhadas chamadas de atenção que indo ao encontro do manifestado pelo público, mereceram, no momento, manifestações expressivas de apreço e apoio que levou o Presidente da Câmara a dizer que aquele espaço não era um comício do PS. 

Por outros munícipes foi, também, manifestado o descontentamento sobre a higiene urbana, a acumulação excessiva de lixo em redor dos novos contentores para a reciclagem, sua colocação, e, ainda, protestos relacionados com pragas de ratos, pombos e baratas. 

O assunto da higiene urbana e do controlo de pragas é um assunto há muito trazido pelo PS para o debate público, defendendo estratégias concertadas de combate para um resultado mais eficaz. 

Outros munícipes trouxeram questões relacionadas com transportes públicos, nomeadamente relacionados com o traçado e a frequência dos autocarros das carreiras 333. Ficou uma vez mais patente que ainda há muito a fazer e a câmara que agora tem responsabilidades sobre esta matéria deverá, no âmbito da Área Metropolitana de Lisboa, continuar a desenvolver esforços para a que estas questões se resolvam. 

Por fim, dizer que também os jovens estiveram presentes, tendo um deles feito uma intervenção em que apelava a políticas direcionadas para a juventude e de incentivo à produção cultural, nas suas mais diversas vertentes. 

Também sobre estes assuntos os vereadores do Partido Socialista intervieram dando exemplo das suas experiências pessoais deixando mensagens de solidariedade, estímulo e compromisso de promoverem esforços na resolução dos problemas apresentados, manifestando o seu desejo em novas politicas nas mais diversas áreas, desde o desenvolvimento económico, habitação, mobilidade, conservação de espaços verdes, sendo por tal que continuamos a trabalhar.  

Entrando na Ordem do Dia as Propostas apresentadas foram votadas por unanimidade.

 

Os Vereadores do Partido Socialista na Câmara Municipal da Moita

Reunião de Câmara

Foto: Vereadores Socialistas presentes na Reunião de 25 de Julho de 2019