Autarcas

PS/Moita defende a continuidade das atuais valências do Tribunal da Moita

No passado dia 17 de Junho a população da Moita voltou a concentrar-se à porta do Tribunal da Moita defendendo que se mantenham as atuais valências que o Tribunal dispõe e mais uma vez o PS concelhio marcou presença, através dos seus responsáveis concelhios e eleitos à Câmara e Assembleia Municipal.
Enquanto durou a concentração, os responsáveis eleitos pelo PS contactaram com muitos dos advogados que marcaram presença, incluindo a Delegada da Ordem dos Advogados da Moita, assim como contactaram com habitantes do concelho que estando presentes não deixaram de mostrar a sua indignação contra a pretensão do Governo em reduzir as valências que o Tribunal da Moita possui atualmente.
Serve esta nota também para o PS/Moita mostrar a sua indignação pelo facto do Presidente da União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira ter feito passar a ideia de que apenas o PCP esteve presente na concentração, quando, pelo menos também o PS e o Bloco de Esquerda lá estiveram. Considerámos, desta vez, que tal mentira não devia passar em claro, porque o Presidente da União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira é useiro e vezeiro neste tipo de atitudes que em nada dignificam o órgão autárquico a que preside. O reparo que agora se faz já podia ter sido feito inúmeras vezes por variados motivos por inúmeras intervenções efetuadas nas redes sociais. Temos optado por não o fazer porque consideramos que na política não vale tudo. Optaremos, no futuro, por não responder às provocações do Presidente da União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira porque não vale a pena dar crédito a quem faz por o não ter.
O Secretariado da CPC do PS da Moita

Autarcas