Vereadores PS

Propostas do Partido Socialista foram chumbadas

As propostas dos vereadores do Partido Socialista, sem competências atribuídas, foram chumbadas na última reunião de Câmara, em 14 de fevereiro, através do Voto de Qualidade do presidente da Câmara da Moita, após empate na votação.
Estas propostas, cuja admissão para discussão na anterior sessão pública realizada no Penteado havia sido rejeitada, consistiam na construção de um bloco sanitário junto ao Cais da Moita e outro no Parque das Canoas no Gaio, e de um incentivo simbólico na adesão à Fatura Eletrónica da água.
Recorda-se que o proposto surgiu na sequência de contactos de vários munícipes com os vereadores do PS, que assim não verão os seus anseios respondidos, o que lamentamos e que, tal como nós, não compreenderão afirmações como “… a aprovar, a Moita iria para o Guiness pela relação do número de casas de banho públicas por metro quadrado…”
A argumentação de que para tal, teria a C.M.M. de deixar de construir outras obras, ou de que não podem os vereadores sem competências atribuídas apresentar propostas ou, até mesmo, que as poderiam apresentar, apenas, quando da reunião anual de preparação das Grandes Opções do Plano (reunião para a qual, em dezembro, os vereadores sem pelouros nem sequer foram convocados) não convencem os vereadores do Partido Socialista e certamente que não convencem os munícipes.
Caíram assim por terra todos esses argumentos, como bem acabámos por provar ao apresentar exemplos da prática de o PCP e de outros partidos em outros concelhos, como a democracia o impõe.
O Partido Socialista da Moita renova a certeza da defesa do seu projeto autárquico e estará sempre disponível para ouvir todas as sugestões dos munícipes, na contínua defesa de UM CONCELHO MELHOR.

 

Vereadores PS